GR7 NOTÍCIAS

Viviane Lima relata caso onde criança autista é 'convidada' a se retirar de sala de aula, em Porto Velho

 


Agência GR7 Notícias

MANAUS - Viviane Lima e a equipe do programa “Oi, gente!” realizaram mais uma ação do novo projeto da apresentadora, nesta quarta-feira, 18, onde visa reformar cadeiras de rodas quebradas para doar a quem precisa. As doações são feitas através de informações e pedidos pelo WhatsApp do programa, após avaliação de cada caso, Viviane segue para o endereço do felizardo e registra tudo através da página no Facebook em forma de live.

A caminho da primeira residência que iria receber a doação, Viviane aproveitou o bate-papo com os seguidores para compartilhar um caso de descriminação que aconteceu em Porto Velho. De acordo com a apresentadora, uma criança de 9 anos de idade, diagnosticado com autismo, foi convidado a se retirar da sala de aula onde estuda, pois, a escola não possuía um mediador.

O relato que chegou através das redes sociais, se deu conta após o pronunciamento polêmico do Ministro da Educação, Milton Ribeiro, onde afirmou que alunos com deficiência “atrapalhavam” outros alunos. “Nós passamos por um uma dificuldade muito grande na pandemia onde, eu posso falar que 90% dessas crianças que tem deficiência intelectual, onde os autistas fazem parte desse quantitativo, sofreram demais por ficarem isolados, eles sofreram demais por terem a rotina totalmente cortada ao meio, tendo que viver uma outra realidade”, disse a apresentadora.

“Você como mãe, você sonha, você espera, você idealiza uma coisa e quando chega aquele dia, a volta às aulas que é tão importante, você prepara tudo, compra o material dos seus filhos, você compra o fardamento se tiver que comprar, você vai lá coloca dentro do carro, tem uma expectativa. Os autistas criam essa expectativa porque eles já vão preparando toda a rotina deles na cabeça de como as coisas vão ser e de repente ele é convidado a sair da escola porque não tem mediador!¿ A realidade é que não tem respeito, não tem empatia, não tem preocupação com o futuro dessas pessoas”, concluiu Viviane.

Viviane luta pela quase da Pessoa com Deficiência e com um amplo público, a apresentadora se tornou uma mediadora das causas. Com a ajuda dos seguidores e de parceiros, a ativista ajuda pessoas que necessitam.

Para doações e ajuda ao projeto, quem estiver interessado pode entrar em contato pelo telefone (92) 99265-6459. Para ajuda financeira, o valor pode ser doado através do pix: 669.348.852-87 ou Paypal: vivi_ll_rr@hotmail.com.

Nenhum comentário