GR7 NOTÍCIAS

Ana Maria se retrata por usar expressão racista: 'Não se repetirá'


Ana Maria, branca e apresentadora na maior emissora do país, o que lhe dá privilégios na sociedade, disse que as críticas têm razão e reconheceu que não dá mais para usar o termo.

Ontem fiz um comentário sobre inveja. Teve gente, principalmente da comunidade negra, que se sentiu ofendida. Eu li os argumentos na internet e vi que as pessoas têm razão. Pessoas ao longo da vida e que tem RG antigo como eu usam expressões que fizeram parte de um outro momento. Peço desculpas, com isso eu aprendo, é uma oportunidade para que sumam rapidamente esses vícios de linguagem. Não se repetirá. Ana Maria Braga

Em março, Ana Maria Braga já se retratou por usar a falsa ideia de "racismo reverso" ao citar o "BBB 21" e romantizar a miscigenação no Brasil, deixando de lado as relações de violência contra negros e indígenas.

Um dia depois, Ana Maria usou seu programa para pedir desculpas mais uma vez e chamou uma ativista negra para explicar o porquê o racismo reverso não existe: ele é uma relação de poder e quem foi escravizado por mais de 300 anos no Brasil foram os negros sequestrados de África, e não a população branca, que tem privilégios e maior acesso na sociedade.

Nenhum comentário